sábado, 12 de dezembro de 2015

The Cave

"Humor e Dor de Cabeça"
por Ruby Rebel


Olá humanos \o

Ruby retorna depois de uma turbulência com mais uma matéria para vocês. E o jogo da vez será (que rufem os tambores): The Cave!

The Cave é um jogo de plataforma, aventura, puzzles e contém o bom e velho sarcasmo em determinadas partes, desenvolvido pela Double Fine Productions e distribuído pela SEGA, pode ser encontrado na Steam, Xbox Live Arcade, PlayStation Network, Wii U eShop, em dispositivos iOS e Ouya.

São ao total sete personagens - dos quais você escolhe três para poder jogar - cada um deles tem uma história de vida e um motivo para estar ali. Os sete entram em The Cave atrás de seu “objeto de desejo” e para conseguir tal objeto deverão atravessar toda a caverna passando por um ZOO, uma mina e até uma ilha (esses três citados são palcos acessíveis independente do personagem de sua escolha), os demais lugares que serão percorridos dependerão dos aventureiros.

Cada um dos personagens é dono de um puzzle único que está diretamente ligado à sua história e ao seu objeto de desejo, e também cada um possui uma técnica especial. Dependendo de suas escolhas os puzzles podem ficar ainda mais interessantes e enquanto você vai jogando interagindo com o cenário o jogo vai sendo narrado pela própria caverna que sabe muito bem como usar o humor (algumas vezes negro).

Durante sua estadia na Caverna também encontrará alguns símbolos diferentes em paredes (alguns estão bem escondidos), interagindo com os símbolos, imagens serão reveladas sobre a vida do personagem escolhido, assim como uma breve explicação em cada uma das imagens. Quanto aos aventureiros, suas habilidades e seus cenários nós temos:

The Monk, um monge que pode mover ou trazer para si alguns objetos com o poder da mente, seu cenário é o mosteiro em que vive;
The Adventurer, uma exploradora que pode alcançar locais altos ou de difícil acesso aos demais com seu gancho, o cenário dela é uma pirâmide;
The Hillbilly, um caipira que pode respirar em baixo da água por tempo indeterminado, o parque de diversões é o cenário dele;
The Scientist, uma cientista que possui a habilidade de hackear computadores e algumas portas trancadas, seu cenário se passa em uma base militar subterrânea;
The Twins, um casal de gêmeos que podem se duplicar criando assim uma forma espectral podendo estar em dois lugares ao mesmo tempo, lado ruim? Não podem se afastar muito ou a criação some (são de longe meus favoritos) e seu cenário é a sinistra mansão em que vivem com os pais;
The Knight, um “cavaleiro” que consegue se tornar invulnerável a qualquer tipo de dano com um escudo, seu cenário é um castelo (sério Ruby? ><);
Para finalizar, The Time Traveler, uma viajante do tempo que pode se teleportar a curta distância e tem um dos cenários mais legais, ela pode alternar entra passado, presente e futuro com uma máquina do tempo.
O jogo contém dois finais para cada personagem, um ruim e um bom... O final que você irá realizar vai depender inteiramente de você mesmo, A Caverna tentará te enganar e cabe apenas ao jogador decidir o que fazer e assim o final ruim ou bom se revelará, se bem que alguns finais ruins (dependendo do personagem) não são tão ruins assim, ao menos do ponto de vista do personagem.
Recomendo que joguem com todos os personagens, desvendem suas histórias e segredos e vençam A Caverna! The Cave é um jogo muito bom e que te faz pensar um bocado para resolver os desafios, por fim desejo a todos boa sorte e que se divirtam muito com os comentários da Caverna.
E se alguém tem a vontade de adquirir algum dos personagens para si, fico feliz em dizer que a Double Fine criou miniaturas dos sete protagonistas (além de uma camisa) que podem ser encontradas clicando aqui: Miniaturas e Camisa The Cave


 E para mais informações sobre o game, eis o Site Oficial <-- é só clicar.

Espero que tenham apreciado mais uma matéria, qualquer dúvida é só perguntar e se quiserem compartilhar as experiências com o jogo é só deixar comentário pra tia \o

E.... Isso é tudo pessoal! Ao menos por hora rs 

Nenhum comentário:

Postar um comentário